Escher

Ainda lembro da primeira vez que vi um desenho de Escher em uma festa na casa de amigos.Já era tarde e eu estava ligeiramente alta (tá bom, eu confesso, estava bem alegrinha…), quando me peguei olhando para um quadro em preto e branco, bem velhinho que estava pendurado na parede da sala. A priore não me chamou atenção, desligada que sou, não tinha percebido nada de diferente nele. Com o tempo, comecei a notar que tinha algo de estranho no Reino da Dinamarca. Como podiam apenas 2 pilastras dar a idéia tridimensional da água subindo, aliás, como poderia a água estar subindo??? Mais parecia que ela estava descendo. Não sei quanto tempo fiquei ali parada olhando aquele desenho, só sei que a partir desse momento nasceu em mim um amor enorme e sem fim pela arte de M.C. Escher.

Para quem não conhece, o holandês Maurits Cornelis Escher nasceu em 1898, na cidade de Leeuarden. Após 3 anos de estudos de arquitetura, se dedicou às artes gráficas e em breve se seguiram suas primeiras exposições e publicações. Ele viveu durante 10 anos em Roma, e de lá fez numerosas viagens de estudo à Itália, França e Espanha. Depois viveu e trabalhou 2 anos na suíça e 5 na Bélgica, antes de ter se instalado definitivamente na Holanda, onde veio a falecer em março de 72.

A reprodução da queda d’água, aquele pelo qual me apaixonei, me foi dado alguns anos mais tarde e quando eu me mudei, no final de 97 passei ele adiante para um amigo.

Se seguirmos com os olhos todas as partes desta estranha construção, não se pode descobri um único erro. No entanto é ela totalmente impossível porque de repente surgem mudanças na interpretação da distância entre nossos olhos e o objeto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s