O Nome da Festa é Nunca Mais

parte 1


Os preparativos

Ontem foi o primeiro aniversário de Júlia eu, mãe inexperiente, resolvi fazer uma festinha aqui em casa. Uma coisa pequena, apenas para os amigos mais chegados e com filhos pequenos. Pedi algumas doações (principalmente a minha mãe) comprei o que faltava, fiz umas mini-pizzas com Ana Rita, docinhos diversos, uma salada de frutas, suco de manga do meu quintal e pronto.

parte 2

Recebendo os amigos

Como todo mundo já deve imaginar, quando começaram a chegar os primeiros amigos, eu ainda estava imunda, suada, dando os retoques finais pra ficar tudo bonito e arrumadinho. Terminei o último laço e corri pro banheiro para fazer uma bonita exposição da minha figura de mãe. Enquanto isso, Júlia tomava banho com a avó.

Sai do banho e para meu espamnto, minha casa estava repleta de pestinhas, digo crianças. Lembrei do meu amigo Inagaki, pois a única coisa que me vinha na cabeça eram os tais Gremlins molhados. Pra onde se olhasse o que dava para ver eram crianças ¿ muitas delas eu não sabia quem eram ¿ se comportando da pior forma possível.

parte 3

O arrependimento

Eu tive o desprazer de passar por 2 situações chatas. Ao lado da piscina tem a casa da bomba, subterrânea, com uma fina cobertura feita de alumínio (daquele que colocam no chão dos ônibus). Os desinfelizes dos meninos maiores estavam ¿brincando¿ de pular nessa tampa, fazendo um esporro danado, se sujeitando a quebrar a porra da cobertura e cair num buraco de 3 metros. Os pais, vendo a situação, deixavam os demoniozinhos a vontade e nenhum deles chegou para repreender sua cria. Sobrou pra mim, cansada de 2 dias de trabalho árduo, com um barrigão de 6 meses a tarefa de pedir educadamente às crianças que parassem com aquilo. Vocês pensam que adiantou alguma coisa? Era eu falando e eles continuavam, sem me dar a menor atenção. Fiquei puta, falei grosso e ameacei de morte. Nesse momento apenas 1 mãe veio tirar o filho de lá. Todas as outras nem se moveram. Que raiva. Depois de penar um pouco e ameaçar muito, consegui acabar com aquilo.

parte 4

Herodes: um incompreendido

Antes do parabéns, apareceu um menino (doravante chamado de Anti-Cristo) que começou a pocar todas as bolas de encher do arranjo perto da mesa. Minha mãe que passava pelo local, educadamente chamou o AC e falou: – ô meu filhinho, não estoure as bolas não. Elas estão enfeitando.

Ao que o infeliz respondeu com grosseria: – Eu posso o que eu quiser.

Eu estava por perto e ao ouvir o pilantra, me meti na conversa (esse peste já estivera envolvido na brincadeira da bomba da piscina). Segurando no ombro do gorducho falei: – Não pode não. Aqui é minha casa, o aniversário é de minha filha e eu que mando nessa porra.

Vocês acreditam que o endeminiado apontou o garfo pra minha barriga, me olhou feio e ameaçou me furar? Eu olhei mais feio ainda pra ele, pensando: Se o filho da puta me fura, eu dou um chute tão forte nele, que o escroto vai parar na piscina. Gente me deu vontade de voar no pescoço do menino, dar uns 2 tapas pra ele tomar jeito de gente, descobrir quem eram os pais, que nem apareceram pra controlar a besta deles, e botar todo mundo pra fora. Eu estou revoltada até agora!

Se eu seguisse meus instintos e desse uma peia daquelas no Anti-Cristo, ai os pais apareceriam cheios de razão pra reclamar e me achar ruim, mas na hora de dar educação ao projeto de marginal, eles ficaram bem ausentes…

parte 5

Fim de festa

Quando a festa começou a esvaziar, eu finalmente consegui sentar um pouco e conversar com meus amigos (os mais persistentes, que agüentaram até o final). Tive alguns momentos prazeirosos. Júlia estava completamente elétrica, mortinha de sono, não se entregava de forma alguma. Às 11:00h, os últimos convidados, nossos compadres, foram pra casa e ficamos nós na maior bagunça do mundo, aliás a bagunça continua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s