1/10/2006 12:13:13 PM

Reisado de D. Canô

No sábado passado, foi o tradicional Reisado de D. Canô em Santo Amaro. A festa este ano era em homenagem a minha vó Zélia, que infelizmente, por ordens médicas, não pode ir. Fomos nós representá-la e curtir essa deliciosa festa!

Chegamos em Sto. Amaro, passamos na casa da “matriarca da cidade “e seguimos pra “concentração” do desfile. Fazia uns 70 graus de calor todo mundo sambava ao som de uma bandinha… Juju ficou doidinha: nunca tinha paticipado de nada deste tamanho. Sambava e dançava, ria pra todo mundo e foi super fotografada.

Tom mais bichinho do mato, escondia a cara quando as pessoas chegavam perto dele pra chamá-lo de lindo.



Já eram 10 horas da noite, e os meninos estavam exaustos, quando o cortejo saiu cantando pelas ruas a cidade, parando na frente de algumas casas, da igreja, da casa de Canô e de um lindo presépio vivo. Juju enlouqueceu quando viu o “vovô Rei” (meu pai foi um dos Magos e tia Palma, o anjo), despediu o sono e chamava todo mundo pra ver o Vovô rei (até hoje o chama assim). Desfilou por toda a cidade de mãos dadas com Baltazar.



Terminado o percurso do cortejo, todos foram continuar a festa no “Terreno” e nós, completamente exauridos e sem forças (experimente seguir uma deslumbrada de 3 anos num cortejo, carregando um pequeno sonolento de quase 2) e resolvemos que por este ano já estava de bom tamanho nossa participação.

Ano que vem tem mais.

Já cantei, já recantei

não aguento mais cantar

já me doi o céu da boca

e o dentinho do queixá”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s