12/19/2008 01:30:50 PM

De volta à vaca fria

Depois de alguns dias de recesso, nos quais fiquei coladinha nos filhotes, voltei ao trabalho. Agora acabo de receber uma ligação de Juju.

-Mãe, você deixa eu colar umas figurinhas no meu álbum de Tinker Bell?

– Deixo, sim. Pode colar.

– Mãe, eu tou com saudades…

– Eu também, filhotinha, mas você sabe que hoje eu demorar, né? Eu tou no trabalho e só volto à noite.

– Tive uma idéia… você fala pro seu chefe deixar você voltar no crepúsculo.

12/19/2008 01:29:37 PM

Politicamente incorreto

Tá, eu assumo: acho as coisas politicamente corretas meio chatas. Não que eu ache bacana sacanear e humilhar as pessoas, mas a pasteurização do que é permitido ou proibido acaba tirando a cor e a graça dos diálogos e das relações.

Hoje, passeando pela web, encontrei esse videozinho de Ari Shaffir. É um programa daqueles de pegadinha, tipo Câmera escondida. Nesse episódio, Shaffir, vestido de Ku Klux Klan, passa por uma comunidade negra (nos EUA). Depois vi outros videozinhos onde ele sacaneia mexica nos e asiáticos.


12/19/2008 12:58:12 PM

Natal

Eu sempre adorei o Natal. Gosto do clima familiar da festa, de comprar e entregar presentes (e ver a cara de quem recebe) e gosto muito de ganhar presentes, que eu também sou filha de Deus. Acho delicioso ver as carinhas de contentes das crianças, ao abrirem os regalos e também de ver eles no dia seguinte abrindo o tão esperado presente de Papai Noel. A ceia de Natal, pra mim, é um capítulo a parte: acho delicioso aquele pernil com molho adocicado e cravos, as rabanadas são irresistíveis e as nozes também tem um gosto especial nessa época.

Este ano, entretanto, não estou no clima natalino. Estou sentindo muitas saudades de minha vó e parece que nessa época, a saudade é mais forte e dói mais.

12/17/2008 07:19:18 PM

no MSN

Mary diz:

os Berequaquinhos se comportaram?

Dôra diz:

claro

Dôra diz:

tirando as disputas de sempre…

Mary diz:

hehehehe

Dôra diz:

na volta teve uma disputa acirrada

Mary diz:

de q?

Dôra diz:

por causa de um copo do carro, Antônio tinha pegado o maior e Júlia queria q eu interviesse pra mandar Antônio dar o maior pra ela, depois de esgotados todos os seus argumentos

Dôra diz:

dissse q Antonio tinha “empurrado” ela só pra ficar com o copo maior

Mary diz:

ô Deus

Dôra diz:

eu perguntei a ela: se vc tivesse pegado o maior e ele lhe pedisse pra trocar, vc trocaria?

Dôra diz:

ela: trocaria!

Mary diz:

sei

Dôra diz:

aí João disse: então, pronto, trocou!

Mary diz:

ô tadinha!

Mary diz:

não tinha como a bichinha ganhar a disputa…

Dôra diz:

aí eu disse a ela q tom tinha sentado ali por acaso, inclusive pq ele, sendo menor, ainda não era tão esperto qto ela

Dôra diz:

e que a gente podia combinar outra forma de ela levar vantagem da próxima vez, porque nem sempre a gente leva vantagem!!!

Dôra diz:

ah, na volta da “visita ao carro novo”, começaram a se estapear e eu disse q

Dôra diz:

da próxima vez não podiam sentar juntos (pra não ter briga) e q se continuasse, qdo chegassem em casa iam ficar sem ter com quem brincar, pq iam ficar de “castigo” um longe do outro

Dôra diz:

e ela: tá bom, eu fico de castigo na piscina e Tom no quarto!!!

Mary diz:

hahahahahahahahahahahahahahahaha