Queijo da Serra

Você já ouviu falar na Serra da Estrela¿ É onde encontramos as cadeias de montanhas mais altas de Portugal (continental, tá¿ esqueça os Açores). Devido a sua altitude, a localidade é o lugar mais frio da terrinha.

Esse lugar frio e bonito serve de pasto para as “Bordaleiras Serra da Estrela” ou “Churra Mondegueira”, espécie de ovelha considerada como a de melhor aptidão leiteira. Já viu onde eu quero chegar¿  Ultimamente, aqui nesse blog, tudo descamba para comida e hoje não vai ser diferente. Vamos ao que interessa.

O queijo Serra da Estrela (feito pelas tais ovelhas) remonta ao séc. XII é o mais antigo dos queijos portugueses, esteve presente em mesas reais e foi nomeado uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal. Obviamente para os Celestino e os Amado, essa delícia tem lugar de honra no panteão das maravilhas culinárias.

ImagemCerta feita estava eu na Casa do Ribeiro, em São João de Rei, grávida, prestes a voltar ao Brasil e sem saber o que trazer de presente para D. Zélia, quando acendeu uma luzinha na minha cabeça. – Posso levar pra ela um queijo da Serra; prenda melhor não há.

Meu avô Celestino fez a encomenda e enquanto embalávamos a iguaria recebi veementes instruções de como proceder caso o laticínio fosse apreendido.

– Se pegarem teu queijo, você rapidamente destrói ele. Jogue no chão, pise em cima e deixe o pobrezinho completamente incomível, entendeu¿ As palavras não eram exatamente essas mas o sentido era.

Desembarquei no aeroporto de Salvador e além do enxoval para a bebê que morava na minha barriga, trazia na mala uma caixa de barquinhas*, um enorme pão-de-ló de Viana do Castelo (mandado por Natário, amigo dos velhos de toda a vida) e o famoso queijo.  Na hora de passar pela alfândega eu tremi nas bases. A luz verde se acendeu e pude passar sem ser incomodada. Ufa.

À noite, na Casa do Rio Vermelho, tivemos queijo da Serra no jantar.

*Faltou eu explicar o que é a Barquinha, mas isso é assunto para um outro post.

Anúncios

2 comentários em “Queijo da Serra”

  1. Nada a ver com o post mas descobri que conheço alguém que te conhece e que mora aqui em Bruxelas: Alice Ramos. Mundo pequeno, né não?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s