João Pestana

Quando eu era criança minha mãe contava a história de um velhinho que carregava um pozinho para jogar nos olhos das crianças fazendo-as dormir, para que tivessem sonhos bons.
João Pestana é uma espécie de Morpheu do folclore português, que acompanha os pequenos nas plagas oníricas e para mim sua companhia sempre foi bem vinda. Ô coisa boa é sonhar.

jp

Anúncios

Novo código.

Um casal de visitantes aqui do Memorial estava na visita guiada e a mulher reclamava de tudo, incessantemente. De não poder sentar nos móveis, de que o som das projeções era alto e ela não conseguia ouvir a mediadora, que o ar condicionado do cinema estava frio… tudo virava queixa na boca da sujeita enquanto a nossa funcionária tentava agrada-la, mostrando coisas bonitas e interessantes.
Na saída a mulher reclamava muito e foi convidada a responder nossa pesquisa para deixar registradas suas queixas. Obviamente a megera meteu o pau, falando mal de tudo e de todos. O marido, coitado, com o olhar entre resignado e muito envergonhado, olha para nossa recepcionista  e pedindo desculpas, baixinho desabafa: “vocês não sabem o que é passar o Natal com ela!”
Adotamos o novo código.

8381367-un-scary-santa-regardant-tenant-un-sac-present-brillant_231x350