Salt

Você já viu o filme novo da Angelina Jolie? Eu ainda não tive tempo,  mas quem quiser baixar o torrent em dual audio e a legenda basta clicar na foto abaixo.

Elenco: Angelina Jolie, Liev Schreiber, Chiwetel Ejiofor, Andre Braugher, Daniel Olbrychski, August Diehl, Daniel Pearce, Olek Krupa, Kevin O’Donnell.
Direção: Phillip Noyce
Gênero: Ação/Drama
Duração: 100 min.
Distribuidora: Sony Pictures
Estreia: 30 de Julho de 2010
Sinopse: Antes de se tornar agente da CIA, Evelyn Salt (Jolie) prestou juramento de servir e honrar o seu país. Ela colocará o seu juramento em prática, quando um desertor russo a acusa de ser uma espiã russa. Salt foge, usando todas as sua habilidades e anos de experiência como agente infiltrada para conseguir escapar dos seus inimigos, proteger o seu marido e fugir dos seus colegas da CIA.

Curiosidades:
»
Primeiro longa de Angelina Jolie após o nascimento dos gêmeos.

» Brian Helgeland (‘Sobre Meninos e Lobos’) roteiriza e Phillip Noyce (‘O Colecionador de Ossos’) dirige.

» Jolie substituiu Tom Cruise, que teve problemas na agenda e também ficou com medo do protagonista ser muito parecido com Ethan Hunt, que ele mesmo viveu na franquia Missão Impossível. Ele abandonou o projeto. “Jolie se mostra forte como qualquer homem em filmes de ação e também é ótima em filmes dramáticos. Em Salt, ela faz os dois”, revelou o diretor.

* http://www.cinepop.com.br/filmes/salt.htm



Ponyo

Com dois anos de atraso, dia dois de julho,  finalmente Ponyo chega ao Brasil.

A animação do Studio Ghibli (sempre ele), feita à mão pelo genial Hayao Miyazaki, ficou pronta em 2008 e foi um estrondoso sucesso mundial. Aqui no Brasil somente agora vamos poder assistir à história da sereiazinha (na verdade a Princesa Peixinho Dourado) que queria virar humana e seu amiguinho Sosuke. Se você percebeu alguma ligação com Ariel, acertou, porém não em cheio. A história inspira-se no conto de Andersen ” A Pequena sereia” e tembém na lenda japonesa Urashima Taro.

Eu assisti à versão em japonês com legendas e posso garantir que o filme é lindíssimo. Cheios de emoção e imaginação, os desenhos são feitos em aquarela e são de tirar o fôlego. Então se me permitem uma dica, não deixem de levar as crianças para assistir.

Infelizmente a tradução para português não foi feita do japonês e sim da tradução para inglês, o que certamente nos fará perder um tanto de coisas, inclusive as músicas originais que são lindas.

Quer saber mais um pouco antes de assistir? Leia a excelente resenha de minha Transgênica amiga Lu Naomi.

Ah, já ia me esquecendo: aqui está o trailer…

Eu e as crianças, depois de vermos no cinema, vamos esperar sair “em vídeo” para termos o nosso DVD; Nossa filmoteca Ghibli está bombando. Já temos: Meu Vizinho Totoro, O Serviço de Entregas de Kiki, Porco Rosso, Princesa Mononoke, A Viagem Chihiro, Castelo Animado e o Reino dos Gatos (todos esses em português), além de Laputa, Nausicaä e Túmulo dos Vagalumes, em outras línguas.

O sorriso do Gato de Alice.

Hoje eu tou postando mais que a Nêga do Leite, né? Mas vocês conhecem o Caboclo Postadô… ele passa tempos que não vem nem com reza braba, vela de sete dias e água de alevante. Outros dias ele aparece sem ser chamado, desce no terreiro e me faz escrever 3, 4 e se bobear até 5 posts no mesmo dia. Pra depois subir para sua morada e me abandonar.

Vamos ao post.

Eu estou contando os dias para a estréia de Alice e até já falei sobre esse lançamento. Acho que o universo lisergico de Lewis Carroll, tem tudo a ver com a estética noir de Tim Burton e assitir a tudo isso em 3D, vai ser uma delícia.

Enquanto a gente espera o filme que tal entrar no clima Paper Toy das mensagens anteriores e  montar o seu  Gato de Alice?  Não é a coisinha mais cuti-cuti do mundo?