Mais q uma pizza

Sexta-feira a noite e eu resolvo pedir uma pizza. Quando abro o Ifood, vejo uma pizzaria nova e desconhecida. Embora fosse meio carinha, resolvi arriscar: Pizza dos Deuses.Ao abrir o cardápio achei bonitinho, as pizzas mais estranhas, batizadas com nomes de Deuses antigos… escolhi uma de cogumelos chamada Hefesto, pra mim e uma Isis, de peru com geleia de amoras pra Tom. 

Depois de mais de uma hora esperando resolvi ligar pra pizzaria e saber o q estava acontecendo. 

– Boa noite, pedi uma pizza a mais de uma hora pelo aplicativo e nem sinal dela…

– É a senhora Maria que está falando? 

– A própria. EM carne, osso e fome.

– Nós estávamos com um problema e tentei ligar para a senhora… É que a senhora pediu uma pizza egípcia e uma grega. Nós não podemos misturar as duas, as massas são diferentes.

– Mil desculpas, é que eu não sabia que tinha que entender de mitologia pra pedir uma pizza. 

– Não se preocupe, já resolvi aqui, falei com meu superior e dei um jeitinho baiano (falou rindo).sua pizza já está saindo daqui, peço desculpas pela demora.

Desliguei o telefone com a certeza que nunca mais pediria nessa pizzaria. Mais um pouquinho de tempo passou e Tom desceu p buscar nosso jantar. chegou entusiasmado, avisando que tinha vindo tb um brigadeiro de brinde e ele já tinha comido. Continuou falando: -ele veio numa Burgman dourada com desenhos de Deuses e vestido de centurião romano. 

Quando me entregou a caixa, achei bonita e interessante. Comentei com o menino que rapidamente disse: -Você não viu nada, abra ela aí…

Mais um susto. A massa redonda, não muito fina, com dois sabores diferentes, terminava em pequenos rolinhos que pareciam dedos com as unhas pintadas de dourado (depois descobri que era ouro em pó, comestível).  Dentro de cada dedinho desses vem um pouquinho do recheio. 

Olhando com atenção a caixa vejo que optaram por ambientar o meu pedido no Egito. “No antigo Egito as pizzas eram confeccionadas para servir aos reis e pessoas consideradas mais próximas das divindades. As carnes das caças, consumidas pelos faraós e sacerdotes, eram colocadas por cima da massa de pão, para dar mais sabor à iguaria. Os banquetes eram acompanhados por instrumentos de corda e percussão, já que os egípcios acreditavam que a música fora inventada peo deus Toth. ”

Mais embaixo, um QR code e um convite: “ouça a fascinante música egípcia e mergulhe em uma atmosfera mágica, vivenciando um verdadeiro ritual oriental às margens do rio Nilo”

Bom comemos e nos regalamos. Muito mais que uma pizza tivemos uma experiência dos sentidos. Recomendo (só não invente de misturar os panteões)

Ação da TAP em vários aeroportos

A TAP está trabalhando duro para mudar sua imagem.

Desde o final do ano passado, a empresa aérea tem feito ações estilo flash mob  em alguns aeroportos de grandes cidades.

Primeiro em Lisboa no dia 23 de Dezembro

Depois no Rio de Janeiro, dia 20 de janeiro

e em São Paulo, 25 de janeiro

E aí quando será o próximo?

Eu queria era ver se chamassem as “aerovelhas” mau-humoradas que trabalham na TAP pra dançar… ia parecer cover do clip de Thriller.

Trocando o pato pelo Illustrator

Eu brinco sempre com meus amigos dizendo que sou uma “redatora de arte”. Não é que me considere essa coca-cola toda na redação e muito menos no design. É que com uma ideia na cabeça e um corel draw na mão, eu me viro. O corel, pra quem não conhece, pode ser considerado o pato dos programas de vetorização: faz de tudo, mas tudo mal feito. O pato anda, nada e voa mas você já viu pato voar? É horrivel. E nadar? Até andando ele desajeitado… assim é o corel draw. Não pense que eu tou cuspindo no prato que comi, não é bem isso, é que agora com meu novo Mac, tá na hora de migrar pra um programa melhor,abrir mão desse meu lado taurino que resiste às mudanças e colocar a mão na massa.

Procurando pela rede, encontrei este curso aqui , que dura 30 dias e deve dar as noções básicas do Illustrator. Eu estou partindo do zero absoluto: não sei nada. Se alguém quiser me acompanhar e estudar junto, eu topo.

Começo amanhã pelo dia 2 (o dia 1 só explica pra que serve o programa).

Ah as aulas são em inglês (se vc achar um tutorial em português eu também quero, ta?)

Unhas do Shrek

eu estava a um tempão sem pintar as unhas. Minha mão estava de dar vergonha, com unhas repolhentas, lascadas, roidas e com cutículas enormes, duras e ressecadas.

Aí rolou um papo sobre esmaltes, tendências e cores do verão e eu me animei a ir ao salão. Cheguei lá quase escondendo as mãos de vergonha e saí com um rosinha antigo bem discreto, só para deixar as unhas felizes e as bichinhas crescerem.

Um milagre aconteceu: minhas unhas que duram no máximo 2 dias com esmalte (isso se eu tirar a pontinha com acetona) ficaram inteiras por 4 quase 5 dias. Eu me animei e enfrentei a confusão das semanas que antecedem o natal indo ao centro da cidade, no único lugar que me disseram que eu acharia o esmalte matte plus da Big Universo. Passei por várias lojas de manicure e cabeleireiro e fiz a festa. Até encontrar o tal “fosqueante”, me deparei com as cores mais lindas e fashions do momento. Comprei bem uns 20 esmaltes novos. Desde verdes e rosas fluor até o über chique azul marinho.

Acontece que eu nunca tinha pintado as patinhas com cores fora do padrão (leia-se rosas claros, vermelhos e marrons) e

fiquei com medo de estranhar, mesmo assim me enchi de coragem e na quinta-feira coloquei um verde menta. Adorei o resultado: as unhas, que ainda estão pequenas mas pelo menos já estão menos tortas, ficaram joviais e alegres.

Fiz uma fotinho com a web cam para mostrar pras amigas (e pra vocês também). Reparem que minha camiseta combina com o esmalte. Nessa foto estou com o fortalecedor de unhas da Big, uma base qualquer, o esmalte Menta da Colorama e a cobertura extra brilho (aquela roxinha) da Avon.

Passei a sexta-feira e o final de semana verdinha e tchan, techan, tchan, tchan… as unhas não descascaram e o esmalte conseguiu chegar até hoje (domingo) a noite perfeito. Como eu pareço que tenho bicho carpinteiro no corpo resolvi dar uma incrementada e passei o matte plus (tá bom, eu confesso que tava doida pra experimentar ele). Não notem a bagunça no fundo da foto mas domingo à noite minha casa fica parecendo uma zona de batalha. Acho que não dá pra ver tão bem a diferença das cores pela foto mas garanto pra vocês: fica completamente diferente. Na mesa ao lado de uma piranha branca dá pra ver o matte plus).

Para o Natal estou pensando eu ficar um pouco mais tradicional e e colocar o Serenta. Será que combina com o Matte?

Mistura para pão integral Dona Benta

mistura_pao_integral

Ano passado, num impulso hedonista de compra, me presenteei com uma máquina de pão. Fiz algumas receitas do livrinho que vem junto com ela e outras que peguei numa comunidade do orkut e em alguns blogs.

Ainda não encontrei consegui fazer nenhum pão maravilhoso. Pra ser bem sincera a impressão que eu tenho é que todos os pães feitos na máquina ficam gostosinhos na hora que terminam de assar e ainda estão quentinhos e depois viram uma massaroca dura e chicletenta que fica rolando dias na geladeira sem ninguém se aventurar a comê-los.

Na semana que passou, fui num mercadinho comprar algumas coisas que estavam faltando em casa e encontrei o novo lançamento da Dona Benta: uma mistura para pão integral que comprei para experimentar.

Hoje, me dispus a fazer o teste. Comprei um fermento novo (isso é uma dica importante, porque percebi que o pão cresce muito melhor quando o fermento é novinho e pelo preço que custa não vale a pena reaproveitar), peguei a máquina em cima da geladeira e estou aqui dando uma de padeira.

Como é a primeira vez que uso a mistura pronta, resolvi não inovar e parti para a receita mais simples (exatamente como manda o saquinho).

Uma coisa que eu achava que a máquina não fazia muito bem era deixar o pão crescer até a massa duplicar de tamanho e por isso resovi dividir o ciclo da massa em 2.

Primeiro coloquei para bater e sovar bem direitinho (ciclo massa)… aí quando estiver bem uniforme e a massa dobrar o tamanho vou colocar só no ciclo assar.

Depois conto aqui se minhas cobaias minha família aprovou.

Update: fui lá dar uma olhada e a massa está grandona de bem fofinha ( já ta quase batendo na tampa)