Bolo de amêndoa e coco.

Ontem, entrando na onda fit, resolvi inventar um bolo novo, sem gluten, sem lactose e light.

O bolinho ficou bem gostoso (embora Júlia tenha achado meio sem doce, comeu duas fatias). vou colocar a receita aqui pra ter um becape e passar adiante aos amigos que se interessarem.

Bolo fit de amêndoa e coco

Ingredientes

5 ovos

1 xic de coco ralado na hora (sem extrair o leite)

1,5 xic. de farinha de amêndoa

3 CS bem cheias de óleo de coco

1 pouco de açucar (usei mascavo)

1 CS cheia de canela

Amendoa em lascas para decorar…

1 cs fermento

Modo de fazer

Bate no no liquidificador e coloca em forma untada e enfarinhada (usei óleo de coco e farinha integral) e  forno baixo e pré aquecido até o palito sair limpo.

 

Francisco, o Terrível.

Titico assistiu o filme “Encantada” e ficou muito impressionado com o dom que a personagem tinha. Quando a princesa cantava uma musiquinha os animais vinham até ela. A canção era bem fácil de aprender…

Ontem, Bruno e Renata pegaram o pequeno em frente à janela cantando, imitando a protagonista do filme. A mãe, derretida com a doçura do pequeno, se aproximou e só então viu que, escondidinho, em posição de ataque, estava um arco e flecha pronto para acertar qualquer animalzinho que atendesse ao chamado.

Pompéia

Certa vez, já faz algum tempo, Tom estava estudando a respeito de vulcões e eu contei pra ele a história de Pompéia, destruída pelo Vesúvio. Meu pequeno ficou fascinado, me fez mil e uma perguntas e viemos juntos pesquisar na internet, para ele ver fotos da cidade com seus impressionantes homens de pedra. Depois disso Pompéia passou a ser, e é até hoje, assunto recorrente aqui em casa.

Dia desses, nas minhas navegações incertas me deparei com isso aqui: uma página com vários dioramas representando desastres históricos, como o de Hindenburgo, o Titanic, o grande incêndio de Chicago e tchan, tchan, tchan, tchan… Pompéia com o Vesúvio em erupção, ao fundo. Amei. Baixei o arquivo e copiei no meu computador para algum dia montar com os filhotes.

Mudando de assunto

Eu sei que tou devendo o texto falando de Boca de Galinha (infelizmente não fotografei o passeio). Na verdade eu já comecei a escrever, mas o caboclo Escrevedô e o Postadô estão em greve por melhores condições de serviço, me deixando completamente na mão. Devo confessar que a fazendinha lá do facebook também tem contribuido para meu silêncio aqui, mas vamos esperar que seja só mais uma das muitas fases silênciosas do blog.

Pra ver se quebro essa onda vou fazer um postzinho tá?